fbpx

Precisamos falar da importância das causas

Se a Covid-19 trouxe medo e insegurança para dentro dos lares e das organizações, ela também demonstrou a importância de um propósito com causa bem definida. Antes, podíamos fugir das questões mais difíceis, já hoje, com o isolamento social, é quase impossível não pensar no que nos motiva a levantar das nossas camas. 

Este é o papel do propósito. A razão de existir de uma organização, ou a missão de alguém. Uma espécie de guia de orientação para poder atuar no mundo. Mas nada disso consegue se concretizar se não possuir uma causa, que é a forma de colocar seu propósito em ação, colaborando para a solução de demandas legítimas da sociedade.

Atualmente, o Brasil possui uma demanda clara: conter a disseminação da Covid-19, o que tem nos unido em torno de uma causa comum, mas o vírus parece ter como missão tornar ainda mais evidente os grandes gargalos do nosso país. Em um país tão desigual, já começamos a sentir suas consequências e de que maneira muitas das causas que já mereciam nossa extrema atenção, se tornaram temas ainda mais urgentes.

Em uma tentativa de tentar refletir sobre o caminho que temos pela frente, mas também pensar sobre a importância do nosso bem-estar como sociedade, elencamos 11 causas que devem se intensificar ainda mais nos próximos tempos. Confira:

Acesso a Saneamento Básico

Mais de 100 milhões de pessoas ainda não possuem coleta de esgoto em casa e cerca de 35 milhões não têm acesso a água tratada no Brasil. A falta de recursos tão básicos colaboram para que a pandemia de Covid-19 se torne ainda mais grave no nosso país.

Combate à Fome

Nas comunidades periféricas, o isolamento social e a redução da renda de muitas famílias têm limitado o número e a qualidade de refeições, fazendo com que a má nutrição dos grupos vulnerabilizados aumentem suas chances de serem vítimas da Covid-19.

Combate à Violência Doméstica

Com o isolamento social, permanecer por mais tempo dentro do lar tem sido o gatilho para a explosão de tensões, expondo potenciais vítimas de violência doméstica a uma situação de maior vulnerabilidade. Em estados como São Paulo e Rio de Janeiro os  atendimentos da Polícia Militar a mulheres vítimas de violência dobraram durante a pandemia.

Cultura de Doação

A disseminação da Covid-19 sensibilizou o brasileiro e fez com que as doações no país

alcançassem uma marca histórica. Atualmente, são mais de R$4,2 bilhões de reais doados como resposta à pandemia.

Educação Midiática

já vinham se propagando com velocidade, mas o cenário de pandemia criou um ambiente ainda mais propício para sua disseminação.

Ensino Domiciliar

Pelo menos 85 países fecharam escolas para tentar conter a disseminação do novo coronavírus, impactando a educação de mais de 776,7 milhões de crianças e jovens pelo mundo, segundo a Unesco.  Com a necessidade de aplicá-lo durante a pandemia, o movimento pela sua regularização deve ganhar força e impulsionar a implementação de tecnologia 5G, as parcerias público-privadas e o aumento do acesso à internet.  

Liberdade de Expressão

O uso de informações nas redes sociais tem gerado atritos em diversos poderes, expondo uma linha tênue entre a liberdade de expressão e a desinformação, que pode ter consequências ainda mais graves durante a pandemia.  

Redução das Desigualdades

Além de desencadear uma série de atos de solidariedade e empatia, a Covid-19 deixa ainda mais expostas as desigualdades da sociedade. Para que não ocorra uma calamidade maior,

programas sociais, como a renda emergencial, estão sendo implantados e devem beneficiar

mais de 24 milhões de pessoas.

Universalização da Saúde

Apesar de possuir problemas crônicos de gestão, contar com os serviços de um sistema público de saúde tem sido considerado um fator decisivo no tratamento e recuperação de diversos pacientes durante a pandemia deixando clara a importância de se destinar mais recursos de forma contínua para a área.

Valorização da Ciência

A falta de investimentos em Ciência, Tecnologia e Inovação nos últimos anos colocou o Brasil em uma situação de vulnerabilidade em relação à pandemia, comprometendo o tempo de resposta do país no combate ao vírus.  

Valorização da Saúde Mental

Problemas de saúde mental têm se tornado cada vez mais comuns em todo o mundo. O Brasil é o país com o maior número de pessoas ansiosas: 9,3% da população. Especialistas têm alertado sobre os riscos de uma pandemia dupla despertada pelo coronavírus, na qual se unem estresse crônico e ansiedade devido à disseminação da Covid-19.

As 11 causas que você acabou de ver fazem parte do guia “Causas para Observar em 2020”, produzido pela CAUSE. Para acessar o material completo visite nossa página e baixe diversos conteúdos especiais que discutem as consequências da Covid-19 nas causas sociais. 

Cause

Somos um time multidisciplinar de profissionais das áreas de Administração, Antropologia, Ciência Política, Design, Gestão Pública, Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade. Propomos um olhar integrado a partir dessas competências para promover as causas em que acreditamos.