CAUSE: por que somos contrários ao voto em Jair Bolsonaro?

Polarização da campanha não pode levar ao extremismo de ideias e de práticas antidemocráticas

Entendemos que as causas que movem a sociedade são baseadas em uma interpretação apurada do espírito da época. É preciso reconhecer: vivemos um dos momentos mais complexos da História recente do país.

Numa democracia, respeitadas e resguardadas as regras de seu funcionamento, divergências de posicionamento são aceitáveis e devem ser estimuladas. Em 2018, no entanto, temos um cenário diferente. De um lado, há visões de mundo distintas para o país, representadas pelos diferentes postulantes à presidência. De outro, um candidato que se posiciona a todo momento contra preceitos democráticos e valores que se consolidaram no Brasil a muito custo.

O viés antidemocrático de Jair Bolsonaro ameaça a ordem social mesmo antes das eleições. Em “Como as Democracias Morrem”, Steven Levitsky e Daniel Ziblatt sugerem 4 perguntas para identificar tendências autoritárias em um candidato. No caso de Bolsonaro, a resposta é um indiscutível sim para as quatro. Os links abaixo demonstram evidências.

1.Rejeita, em palavras ou atos, regras fundamentais da democracia?

2.Põe em dúvida a legitimidade de seus oponentes?

3.Tolera ou incentiva a violência política?

4.Admite ou propõe restringir liberdades civis?

O rechaço a Bolsonaro, de forma alguma, embute apoio automático ao candidato que, segundo as pesquisas mais recentes, disputará com ele o segundo turno. É fato que uma parte dos problemas do Brasil de hoje se devem a equívocos cometidos pelo PT quando estava no governo — e se Fernando Haddad se propõe a liderar o país, deveria assumir erros de seu partido, reforçar seu compromisso com princípios republicanos e se posicionar claramente sobre manifestações contrárias à ordem democrática por parte de lideranças de seu partido. Nenhum outro candidato, no entanto, representa ameaça tão forte ao bem-estar social como Jair Bolsonaro.

A democracia brasileira assegura espaço para as mais diferentes ideologias e propostas para o país. Também vem avançando a passos largos para reduzir a impunidade. A História nos ensinou que violência e ruptura não são atalhos que levam a uma sociedade melhor. É justamente o contrário.

Por tudo isso, respeitosamente e reconhecendo o princípio da liberdade de opinião e expressão, a CAUSE se posiciona veementemente a favor do voto em qualquer outro candidato que não Jair Bolsonaro.

 

Créditos da imagem: Camila Cornelsen e Thales Banzai

Cause

Somos um time multidisciplinar de profissionais das áreas de Administração, Antropologia, Ciência Política, Design, Gestão Pública, Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade. Propomos um olhar integrado a partir dessas competências para promover as causas em que acreditamos.