A Nike e seus tropeços na garantia do direito à maternidade


É preciso coerência e transparência na hora de abraçar uma causa. A Nike parece estar falhando nesse quesito, pelo menos para a corredora Alysia Montano. Em depoimento ao New York Times, a atleta diz que, ao contar para patrocinadora sobre seu sonho de ser mãe, não recebeu qualquer apoio. Mensagem bem diferente da última campanha lançada pela empresa, que incentiva as mulheres a sonharem alto. Em resposta ao jornal, a Nike reconheceu que algumas atletas tiveram seus pagamentos reduzidos durante a gravidez, mas alega que mudou sua abordagem para que elas não fossem mais penalizadas. Baita saia justa 👀

Cause

Somos um time multidisciplinar de profissionais das áreas de Administração, Antropologia, Ciência Política, Design, Gestão Pública, Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade. Propomos um olhar integrado a partir dessas competências para promover as causas em que acreditamos.